Aplicativo para fazer identidade digital

_______________Publicidades_______________

Identidade digital, se você puder ter sua identidade no telefone, isso facilitará sua vida diária? Pois é, isso já é algo possível através da identidade digital. A Polícia Civil do Estado de São Paulo (SP) lançou um aplicativo gratuito, no ano de 2020, basta apontar a câmera para o código QR no verso da sua carteira de identidade para obter uma nova identidade virtual. Desde então, outros estados brasileiros começaram a aderir a esta facilidade com o desenvolvimento de seus próprios aplicativos de publicação de identidade digital.

É claro que, além de oferecer mais praticidade e segurança ao cidadão brasileiro, esses documentos digitais se mostram promissores com o avanço da tecnologia. Portanto, o RG digital pode simplificar o dia a dia de uma pessoa, permitindo solicitações de serviços e produtos financeiros, atendendo órgãos oficiais, cartórios e instituições, e requer apenas documentos válidos no celular.

_______________Publicidades_______________

Dessa forma, como o RG, outros registros já contam com suas opções virtuais, como: CPF, cartão de transporte, carteira de trabalho, título de eleitor e outros documentos. Portanto, neste conteúdo, você aprenderá como obter sua identidade digital e poderá entender os detalhes dessa nova identidade.

Imagem da internet

O que é a identidade digital?

O documento de identidade digital, conhecido como DNI (Documento Nacional de Identidade), é um documento de identificação unificado que inicialmente combina o CPF, certidão de nascimento e título de eleitor, mas pode incluir outros documentos no futuro, como o número do RG (este é um estadual em vez de federal), CNH, Certificado de Dispensa de Incorporação (Carteira de Reservista), etc.

O DNI é uma aplicação compatível com os sistemas iOS e Android que o cidadão pode apresentar na hora de solicitar documentos e tem a mesma validade que os impressos.

O que fazer para emitir a minha identidade digital?

A identidade digital tem a mesma validade que a versão impressa, como mencionamos anteriormente, e pode facilitar a vida do cidadão. Porém, para obter o DNI, as informações biométricas devem ser registradas no cadastro eleitoral. Se não o fez, fique tranquilo, pois também explicaremos como proceder. Veja a seguir as etapas para emitir a sua identidade digital.

_______________Publicidades_______________

O cadastramento da biometria

Para obter o DNI, as informações biométricas devem ser cadastradas no cartório eleitoral. Se você ainda não fez, basta visitar o site da Justiça Eleitoral, clicar sobre o seu estado e seguir as instruções. Você será levado para a tela de agendamento.

Deve-se ser lembrado, que a disponibilidade de agendamentos podem variar de acordo com cada estado, mediante a situação do controle da pandemia.

Emitindo a identidade digital

Se você já cadastrou a sua biometria, basta seguir as etapas abaixo. Antes de prosseguir, é de suma importância saber que processos virtuais e processos pessoais são necessários.

O primeiro passo é fazer o pré-registro no aplicativo. O restante da verificação deve ser feito pessoalmente em um dos pontos de serviço designados após o registro. veja o passo a passo a seguir para emitir a sua identidade digital da maneira correta:

  1. Baixe o aplicativo e selecione entre as opções de Android ou IOS, de acordo com o sistema operacional de seu celular;
  2. Após a instalação, faça o pré-cadastro e dirija-se pessoalmente a um dos postos indicados no app;
  3. No posto, os dados biométricos serão verificados com base na análise das impressões digitais e fotos do emissor do DNI;
  4. Se a informação for confirmada pelo tribunal eleitoral, os cidadãos podem emitir o seu DNI por meio de smartphones ou tablets.

Início do projeto da identidade digital

O DNI foi aprovado no ano de 2018, mês de fevereiro, pelo presidente Michel Temer, com o objetivo de reunir vários registros civis em um único documento, com validade nacional, ou seja, em qualquer lugar do país. Não há necessidade de apresentar outros documentos ao portar a identidade digital, como o seu CPF, certidão de nascimento, certidão de casamento ou título de eleitor. Pois, o documento embora seja digital, é válido para comprovação de identidade, em outras palavras, se trata de um dos famosos “documentos de identificação”.

_______________Publicidades_______________

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.